02 Set 2014

NOVO PRORES 3.2K DA ALEXA PARA ENTREGA EM UHD

COMUNICADO DE IMPRENSA (RELEASE)

(Munique, 2 de Setembro de 2014) – A ARRI anuncia hoje o ProRes 3.2K, o novo formato de gravação para as câmeras ARRI ALEXA que estará disponível para o início do próximo ano. O ProRes 3.2K permitirá a mesma facilidade de conversão na pós para UHD, assim como o ARRIRAW Open Gate faz para o 4K. Estes formatos, combinados com a latitude insuperável da ALEXA, faz a câmera adequada para qualquer tipo de produção ou requisitos de distribuição.

 

ALEXA é um investimento seguro

A maioria dos filmes em digital e produções para a televisão, continuam a capturar, fazer a pós-produção e distribuir em HD ou 2K, formatos para os quais a ALEXA oferece uma solução incomparável. A adoção generalizada do workflow UHD/4K, bem como a disponibilidade de telas UHD nas residências e projeções em 4K nos cinemas, está ao menos 1 ou 2 anos para frente, mesmo nos mercados mais avançados. No entanto, alguns filmes e programas estão preocupados em proteger seus trabalhos para o desenvolvimento futuro. O debate em curso sobre as telas HDR (High Dynamic Range), as quais tem um maior impacto sobre a perspectiva da visualização do que simplesmente a resolução espacial, apenas aumenta as discussões.

O gerente de produto da ALEXA Marc Shipman-Mueller comenta: “Projetada desde o início para ser um investimento seguro e adaptável, a ALEXA pode ser facilmente destinada em produções que escolhem o workflow do UHD ou 4K. A excelente qualidade de imagem em combinação com o ProRes 3.2K ou ARRIRAW Open Gate, permite através de uma simples conversão para UHD ou 4K, uma qualidade pelo menos tão boa quanto outros concorrentes. Por conta de sua inigualável latitude e manuseio das altas luzes, as imagens da ALEXA já são compatíveis com o HDR. Resumindo, a ALEXA continua sendo a ferramenta de captura mais segura disponível para a longevidade dos trabalhos, não importa qual será o padrão do futuro a ser concretizado.

Capturar com a ALEXA, entregar em UHD para a televisão

Para produções de TV que procuram entregar em UHD, as câmeras ALEXA XT e as ALEXA clássicas com o módulo XR instalado, oferecem a nova opção de gravação em ProRes 3.2K a um ótimo custo-benefício. Com taxas de dados mais baixas às do ARRIRAW, o ProRes 3.2K fornece os benefícios do estabelecido e eficiente workflow do ProRes. Como benefício adicional, muitas lentes já cobrem o círculo da imagem de 3.2K resultante do ProRes 3.2K em 16:9. Uma simples conversão do ProRes 3.2K usando ferramentas de pós, entregam imagens em UHD da mais alta qualidade para banda larga e transmissão.

 

Capturar com ALEXA, entregar em 4K para Longas-Metragens

Muitos dos filmes de maior investimento tem sido filmados em ARRIRAW 2.8K e convertidos para 4K DCP com resultados espetaculares, um exemplo é o filme do James Bond, 007 Skyfall. Para melhorar ainda mais esta opção, a ARRI introduziu o formato de gravação ARRIRAW Open Gate para as câmeras ALEXA XT no início deste ano. O Open Gate grava o total de 3.4K da área do sensor da ALEXA XT para otimizar a conversão para o 4K DCP.

O Open Gate tem sido muito bem recebido na indústria dos longas-metragens e atualmente utilizado em inúmeras produções, incluindo Warcraft, San Andreas, Pixels, Goosebumps e Sicario, o último filme feito por Roger Deakins, ASC, BSC. Outros longas-metragens estão sendo rodados em ARRIRAW 16:9 ou ARRIRAW 4:3 e usando o Open Gate seletivamente para efeitos especiais (VFX), incluindo o Exterminador do Futuro 5, Quarteto Fantástico, Hitman: Assassino 47 e Deus Ex Machina

 

Capturar com a ALEXA, protege o HDR

Recente demonstrações das telas HDR (High Dynamic Range), tem mostrado um extraordinário impacto visual no aumento do contraste e iniciou um debate em como e quando elas serão introduzidas. A ARRI está trabalhando com a Dolby nas maiores feiras de negócios, para ajudar a mostrar a tecnologia de telas Dolby® Vision™, as quais são capazes de serem 100 vezes mais brilhante do que uma TV convencional. Isto tem contribuído para espalhar para o setor da indústria que a faixa dinâmica (latitude) é um fator ainda mais importante do que a resolução para criar uma experiência visual superior. Reconhecendo isto outras empresas, tais como: Thomson, Philips e a BBC estão trabalhando em suas próprias soluções para o HDR.

A incomparável latitude da ALEXA, manipulação das altas luzes e a ciência das cores já resultam em imagens além da capacidade atual da tecnogia das telas. As apresentações da Dolby Vision demonstram o quanto as imagens da ALEXA são melhores quando apresentadas com uma latitude estendida, comprovando o enorme e ainda não explorado potencial do material captado com ALEXA e remasterizado para futuras normas de exibição em padrão de telas HDR.    


Sobre a ARRI:

Com matriz localizada em Munique, Alemanha, Arnold and Richter Cine Technik (A&R) foi fundada em 1917 e é a maior fabricante e distribuidora de câmera de cinema do mundo, intermediação digital (DI) e equipamento de iluminação. O Grupo ARRI compreende uma rede mundial de subsidiárias e parceiros que cobre todos os aspectos da indústria cinematográfica, incluindo câmeras, aluguel de equipamentos de iluminação através das locadoras ARRI; soluções de iluminação através do Grupo de Sistema ARRI, serviços de laboratório, pós-produção e efeitos visuais através do ARRI Film & TV e distribuição de filmes através do ARRI Worldsales. Os produtos fabricados incluem o sistema de câmera digital ALEXA e a câmera estilo documentário AMIRA; lentes anamórficas Master Anamorphic; LED Série-L e iluminação HMI Série-M; Acessórios Profissionais de Câmera e tecnologias de arquivamento ARRISCAN. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas reconheceu os engenheiros da ARRI e suas contribuições técnicas com 18 Prêmios de Engenharia e Científicos.
Para localização e mais informações, por favor visitem www.arri.com
Contact:

Franz Wieser
+1 818 841 7070 (office)
fwieser@arri.com


An Tran
+1 818 841 7070 (office) 
atran@arri.com

Downloads

PT ARRI Press Release ALEXA Pro Res 3.2K (docx, 44 K)

 

<- Voltar para: Portuguese